Por que você não deve ter medo de errar

Escrito por: Yasmin de Carvalho // 31 de março de 2015

- foto: Pinterest -

Nós somos humanos, erramos e estamos longe de ser perfeitos. Mas o erro não é, necessariamente, uma condenação ou certa punição. Nossas ações tem consequências, é comprovado. Mas como somos pessoas em construção intelectual, o mínimo que devemos fazer é reconhecer a situação em que nos encontramos e com isso, assumir que fizemos algo de errado.

A autoavaliação é super bem vinda nessas horas. Porém, não é porque tropeçamos algumas vezes (porque nós podemos errar mais de uma vez, sim) que temos que nos condenar, levar a autoestima lá em baixo e querer fazer com que o nosso cérebro nos faça sentir que somos a pior pessoa do mundo. As coisas não funcionam dessa forma.

Pior do que um erro é não reconhecê-lo. E se você não se permite fazer isso e fica interrompendo esse conhecimento do que fez, meu caro, você tá absurdamente ferrado. Isso vai te prejudicar em vários meios que nem imaginamos. Ficar tentando disfarçar e/ou esconder o que foi feito, mentalizando de forma superficial (porque o seu subconsciente sabe que errou) que as coisas estão numa boa e que não vai acontecer nada se eu continuar apontando o dedo pro outro, só vai piorar a situação toda. 

Não precisamos ser perfeitos o tempo todo, fazer tudo milimetricamente planejado. Tudo bem deixar o orgulho de lado e admitir. Estamos em aprendizado constante, precisamos assumir aquilo que fazemos. As pessoas podem até deixar de serem seus amigos por saberem de alguns tropeços, mas que fique bem claro, não tem nada melhor do que uma consciência tranquila. Pegar no sono sabendo das suas ações e o que elas podem proporcionar a si mesmo. Guarda bem isso, a gente ainda vai errar muito nessa vida. Sendo com 15, 20 ou 30 anos. Nós é quem construímos as convicções que nos levam ao inesperado.

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Antes eu me julgava muito quando errava em algo, achava que não podia. Mas hoje aprendi muitas coisas e uma delas é que não dá para ser perfeito em tudo; aprendi que a gente erra para aprender depois.
    Adorei seu texto, Yasmin!

    Blog: Café Com Babis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Babis!

      Nossos erros acabam nos levando a lições preciosas. :))

      Excluir
  2. Muita gente curte falar e corrigir as outras pessoas estando nos mesmos errados. A gente aprende, na maioria das vezes, errando. Porém, quem entende?

    Um abraço, Mundo da Fani
    <3

    ResponderExcluir
  3. Acho que quando aceitamos que não somos perfeitos e paramos de nos cobrar tanto por acertos as coisas tendem a fluir bem mais tranquilas, sem pressão, sabe? Melhorei muito quando percebi que devia aplicar isso de desapegar da perfeição na minha vida.

    Bom texto, Yas. Parabéns

    Beijos, Érica
    http://demasiadaspalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Érica! <3

      Realmente, a gente melhora muito depois que percebe o fato de que não precisamos ser perfeitos e não nos cobramos tanto.

      Excluir

Opine sobre o post ou deixe algum recado pra gente. Sinta-se a vontade para sugerir ideias e críticas construtivas, nós sempre lemos a opinião de nossos leitores. :))

 
Design: Yasmin Carvalho. Programação: Yasmin Carvalho e Carol Mascarenhas
Além da Escrita 2012 - 2015. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger