Sobre - Timidez

Escrito por: Yasmin de Carvalho // 25 de novembro de 2013
Foto: Melina Souza

Durante o período da nossa juventude, passamos por diversas e diferentes fases e é claro que isso não é novidade para nós. Uma das coisas que costuma nos incomodar é a nossa timidez e, o pior, é o medo de encarar ela. Vamos falar em realidade: ela é uma verdadeira pedra no nosso sapato! No meu ponto de vista, a timidez é como se fosse um cofre cheio de coisas boas e que, naquele instante, precisamos descobrir a senha dele. Quando finalmente descobrimos, nosso mundo (literalmente) se abre, e nossa imaginação sai de dentro para fora, e não fica mais trancada naquele cadeado. Nossa opinião, nossos argumentos, inteligência e jeito de ver o mundo passam a ser conhecidos pelas outras pessoas. Pessoas que pensam diferente e pessoas que pensam como você.

Cada um de nós já conheceu pessoas tímidas por aí (ou quem sabe, foram uma delas). Alguém que fica sempre solitário. Um colega que tem dificuldade em se socializar.

Existem pessoas que encaram a timidez logo de cara, outras ainda passam um tempo "escondidas" do universo, mas existem outras que carregam ela durante boa parte da vida. Há uma parte da nossa vida em que a encarar esse cadeado trancado (sem saber como abrir), passa a ser uma obrigação. O que acontece é que as pessoas pensam diferente de todos nós, mas independentemente de seus pensamentos, as ações que as pessoas fazem são consideravelmente iguais a de todo mundo. E é aí que entra a questão da igualdade social.

Todo mundo já passou por períodos difíceis, mas no final, se feito com fé e dedicação, o resultado vale à pena e tudo fica muito gratificante. Minha dica para acabar (de vez!) com esse problema é fazer uma lista das coisas que você sempre se sente envergonhado ou tímido, e passe a fazer todas essas atitudes (quando feitas, risque e passe para a próxima etapa!). Crie coragem. Siga seu coração. É comprovado: atos feitos com pesamentos positivos atraem energias positivas, é assim que as coisas vão começar a dar certo. Devemos lembrar que as coisas não vão acontecer sozinhas, a timidez é algo que vem de você (independente de for por causa da escola nova, mudança de cidade e etc.) e em ambas situações você precisa mostrar o seu Eu de ser sem sempre sentar sozinho em grupos de trabalhos escolares ou passar o intervalo do colégio solitário num banco onde ninguém vai sentar.

Evite falar demais ou falar menos, os diálogos no meio social devem ser todos bem simétricos para que aconteça um conhecimento mútuo. Timidez é temporária, vezes é prolongada e vezes é curta. E repito: tudo depende de você.

~

Com amor,
Yasmin.

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Eu sou tímida apenas com determinadas situações, como falar com pessoas que a gente acabou de conhecer por exemplo. Na adolescência eu já fui mais tímida, hoje em dia eu me considero mais uma pessoa de 'poucas palavras' heheoehe, não acho a timidez algo ruim, acho até fofo.

    http://leitecombiscotos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Amei seu texto, falou tudo, apesar de não parecer, sou um pouco timido, mas antes de conhecer, depois de conhecer, sou totalmente diferente kkkk

    ResponderExcluir
  3. Oi Monique! Bom, a timidez não é necessariamente um defeito, ela pode vir de várias formas, a forma com que lidamos (se deixamos ela nos atingir ou fazemos isso uma qualidade) depende de cada pessoa. Como dizem: cada caso é um caso.

    ResponderExcluir
  4. Hauhauhaa, também sou desse jeito Samuel! :-)

    ResponderExcluir

Opine sobre o post ou deixe algum recado pra gente. Sinta-se a vontade para sugerir ideias e críticas construtivas, nós sempre lemos a opinião de nossos leitores. :))

 
Design: Yasmin Carvalho. Programação: Yasmin Carvalho e Carol Mascarenhas
Além da Escrita 2012 - 2015. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger